Derivação Bilio-pancreática – Scopinaro – Duodenal Switch

E-mail Imprimir PDF

O que é?
Também por meio de costura com grampeamento, é realizada redução do estômagoe desvio do intestino. Difere do Bypass por manter o estômago maior e encurtar mais o intestino, levando assim a menos restrição e mais disabsorção. Dependendo da técnica adotada, a parte do estômago desfuncionalizada pode ou não ser retirada. Esse procedimento é muito realizado na Itália. No Brasil e nos Estados Unidos, já é grande o número de cirurgiões que preferem essa técnica, principalmente para pacientes muito obesos.


Como funciona?

O grande encurtamento do intestino causa diminuição na absorção dos alimentos. A diminuiçãoda quantidade de comida ingerida é menos marcante em relação a outras operações mais restritivas.

Vantagens
O indivíduo operado emagrece bastante, mesmo mantendo um padrão alimentar normal, comendo de maneira muito semelhante ao que comia antes da cirurgia.

Desvantagens
Por tratar-se de cirurgia disabsortiva, a quantidade e a qualidade da alimentação devem ser seguidas com cuidado, devido ao risco de problemas nutricionais. É necessária suplementação vitamínico-mineral. Costuma ocorrer aumento de gases e fezes com mau cheiro.
A estimativa de emagrecimento é de 40 a 45% do peso.

Riscos mais frequentes

Como no Bypass, o risco de vazamento ou hemorragias nos grampos é o mais temido, já nas derivações bilio-pancreáticas, o cheiro dos gases e fezes é muito forte, e dependendo do tipo de alimento, a diarréia e o odor podem piorar.

 

Veja o video do procedimento